Interpol – Our Love to Admire: Marmita pós-punk.

Não sei se vocês sabem, mas a Bizz bateu as botas (de novo). Então estou escoando para cá alguns textos que sairiam na próxima edição. Este é um deles:

Interpol

Our Love to Admire (Capitol)

Nota: 2,5 (de 5)

O Interpol foi uma das primeiras bandas da década a aparecer por aí vendendo marmita requentada de pós-punk e new wave, antecipando a mesmice mimética que acometeria uma gorda parcela do pop atual mundo afora. A quentinha é até bem feitinha e temperadinha, mas, como todo requentando, só vale mesmo em última instância. Se você é um sujeito bem abastecido gastronomicamente, a possibilidade de recorrer a esse marmitex é remota.

Com 2008 batendo à porta (e o revival ointentista tirando aos poucos o time de campo), o termômetro do Interpol continua apontado para baixo. As atmosferas gélidas e a monotonia barítona do vocalista Paul Banks herdadas (surrupiadas?) do Joy Division já estão malandramente sedimentadas. A moldura (guitarras médio-agudas, baixos escorrendo reverb, climas e efeitos cheios de eterialidade gótica) também se mantém bem pregada. Risco zero.

O diferencial é que agora com o orçamento de uma major (antes a banda pertencia ao elenco da independente Matador), as composições ganham contornos anabolizados. A produção grandiloquente e arranjos semi-épicos (em dívida com Arcade Fire, repare os pianos de “No I in Threesome”) de Our Love to Admire alçam o marmitex do Interpol à posição de PF (prato feito) de luxo. A faixa “Mammoth”, por exemplo, parece registro perdido de um Joy Division endinheirado que gastou tubos em estúdio. A desculpa que evitou uma nota mais desabonadora é que “Heinrich Maneuver” é um single altamente funcional com um refrão pegajoso. Mas foi por muito pouco.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Interpol – Our Love to Admire: Marmita pós-punk.

  1. Pô cara, eu ainda tenho que entender esse tal de pós-punk.
    Rock gótico também, e não tão conhecido pelo proletário!

    Achei que a Bizz tinha morrido em idos de Superamigos no programa da Xuxa!

    Falow cara!

  2. Sávio,
    valeu pelo comment lá no t.d.v.
    já conhecia suas matérias da Bizz e também gostava.
    te linquei no meu blogroll.

    abs
    MAB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s