Quando banquei a velha surda com o Slash

O Guns ‘n’ Roses… Quer dizer… A banda do dono da marca Gun ‘n’ Roses, o róseo Axl Rose, vem de novo ao Brasil para tocar em sete capitais: Rio de Janeiro (20/03), Belo Horizonte (22/03), Brasília (25/03), São Paulo (28/03), Curitiba (30/03), Florianópolis (01/04) e Porto Alegre (03/04).

Hoje, domingão, começam as vendas dos ingressos para o show no Parque Anhembi, em São Paulo. Quem estiver disposto a pagar para ver Axl substituir boas memórias por um fiasco esganiçado vai pagar em São Paulo de R$270 a R$550.

Respeito o livre arbítrio. Sério. Toquei no assunto porque esses shows me lembram da vez que entrevistei o Slash, antigo guitarrista do Gun ‘n’ Roses, e me comportei como uma velha surda de programa humorístico decadente.

slash -     Alessio Michelini

Uns sete anos atrás, O Velvet Revolver – na época formado pelo pelos ex- Guns Slash, Duff McKagan, Matt Sorum e o ex-Stone Temple Pilot Scott Weiland –  veio tocar no Brasil. A revista Bizz então me incumbiu da tarefa de entrevistar o Duff e o Slash.

Numa quinta, papeei com o Duff pelo telefone. Qualidade de ligação telefônica, nota: 8. A conversa foi boa. O baixista estava empolgado com o Velvet Revolver, não sentia saudades dos tempos de Guns. Estava contente por tocar para platéias menores. Ótimo.

Na sexta, o telefone toca no horário marcado. Atendo-o e do outro lado da linha sai uma voz formal se desculpando: “teremos que reagendar a entrevista. Infelizmente, Slash não poderá falará contigo porque está num funeral nas Bahamas”. Qualidade de ligação telefônica, nota: 7.

Slash estava em Nassau, Bahamas, comparecendo ao velório da amiga Anna Nicole Smith. Anna Nicole foi uma ex-coelhinha da Playboy que, em 1994, aos 26 anos, se casou com o magnata americano J. Howard Marshall, com então 89. Treze meses depois, o bilionário morreu e a loira passou anos se engalfinhando numa disputa jurídica com os filhos do magnata. Que, claro, virou um belo de um circo midiático.

A presença do meu entrevistado nesse enterro me fez lembrar de que, mesmo passada mais de uma década desde o sucesso absurdo do Guns ‘n’ Roses, ele ainda era um ícone pop. E adiou minha entrevista para segunda-feira.

Na segunda, o telefone toca de novo. Desta vez com meia hora de atraso e desta vez é o Slash mesmo. Qualidade de ligação telefônica, nota: 4,5. Falamos muito sobre o Velvet Revolver, bebedeiras e vício em heroína. Eu faço um esforço danado para escutar o que ele fala. O Slash soa meio blazê, mas é simpático até.

Para o cara não azedar e eu perder a entrevista, deixei para o final as perguntas sobre o Guns ‘n’ Roses. Lá pelas tantas, quando minha pauta estava nos finalmentes, perguntei se a gente podia falar sobre o Guns. Não ouvi a resposta dele. Ligação péssima. Perguntei outra vez, não consegui ouvir de novo. Na terceira vez que eu perguntei ele pareceu ter dito algo que lembrava um “sim”.

Beleza. Falamos disso por uns 15 minutos antes de ele mandar um “porra, falar do Guns ‘n’ Roses é chato pra caralho”, se despedir e desligar o telefone. Fui transcrever a entrevista, coloquei pra tocar a gravação . Num volume alto, o trecho onde eu pergunto três vezes se podíamos falar sobre o Guns ‘n’ Rose era assim:

Eu: “Importa-se se falarmos sobre o Guns ‘n’ Roses?”
Slash: “Putz, esse assunto me enche o saco.”
Eu: “Tudo bem se falarmos sobre o Guns ‘n’ Roses?”
Slash: “Eu não quero falar sobre o Guns ‘n’ Roses…”
Eu: “OK se falarmos sobre o Guns?”
Slash “Holy fuck, man…”
Eu: “Maravilha! Então vamos falar sobre o Guns ‘n’ Roses!”

Esta foi minha história com o Slash.

Fotos: Mike Lawrence e Alessio Michelini

Anúncios

5 pensamentos sobre “Quando banquei a velha surda com o Slash

  1. Cara, tô adorando seu blog…ja li sua entrevista com o Jairo, ex-Sepultura, pirei..acabei de ler o livro do Max e tô sob esse efeito Sepultura na mente..as duas bandas que mais gosto são Ratos e Sepultura…mas estou escrevendo pq pirei nessa história com o Slash… muito bom isso!!! hahahahah… yeah man..ganhou um fã a mais.. abrax ai e sucesso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s